Sobre o Curso

Curso

O currículo traz as matérias básicas das engenharias, como álgebra e cálculo, e específicas, como linguagens de programação, circuitos lógicos e arquitetura de computadores. Estágio e a apresentação de um trabalho de conclusão de curso são obrigatórios. Em algumas escolas, no último ano, o aluno pode cursar disciplinas voltadas a uma área de especialização da profissão, como a criação de softwares ou robótica. Atenção: alguns cursos de Engenharia Elétrica oferecem ênfase em computação, como o da Uerj e o do Centro Universitário da FEI. A Uema, em São Luis (MA), tem o bacharelado com três ênfases específicas: TI e engenharia de software; automação e controle; e telemática, com ênfase em redes e telecomunicações.

Duração média: 5 anos.

Outros nomes: Eng. Comput.; Eng. de Comput. e Inf.; Eng. Elétr. (comput.); Eng. Elétr. (sist. e comput.).



Atividades que podem ser desenvolvidas pelo profissional formado neste curso:
-Definir, executar e coordenar projetos de software e/ou hardware;

-Projetar e construir computadores, periféricos e sistemas que integram hardware e software;

-Planejar, implementar e configurar redes de computadores e seus componentes, como roteadores e cabeamentos;

-Desenvolver software na área de banco de dados, analisar sistemas, engenharia de software, além de linguagens de programação;

-Desenvolver produtos para serviços de telecomunicações, como os que fazem a interligação entre redes de telefonia;

-Desenvolver hadware e software de tempo real para aplicações específicas como por exemplo computação gráfica, projeto assistido por computador, inteligência computacional;

-Instalar, operar e realizar manutenção de sistemas nas áreas de controle de processos e automação;

-Atuar em atividades de ensino e pesquisa.

www.000webhost.com